Controle de Sintomas

 

Instruções claras e objetivas sobre o manejo dos principais sintomas do paciente em Cuidados Paliativos

Princípios da Boa Comunicação

 

Essa sessão contém um protocolo para guiar o médico no momento de dar uma má notícia

CONTEÚDO DO GUIA

Hipodermóclise e Infusão Subcutânea Contínua

 

Nessa sessão estão descritas as técnicas, indicações e medicamentos, permitindo muitos benefícios para o paciente

Cuidados de Fim de Vida

 

Com o que o médico deve se preocupar e o que planejar quando o paciente se encontra no fim de vida?

 

E SE A GENTE REUNISSE AS PUBLICAÇÕES DOS PRINCIPAIS JORNAIS DE CUIDADOS PALIATIVOS EM NOSSA PÁGINA DO FACE?

Isso mesmo! Agora estamos publicando e comentando artigos dos principais jornais Cuidados Paliativos - além das atualizações do Guia de Bolso - em nossa página do Facebook. É só clicar no botão abaixo e nos seguir!

  • Facebook Social Icon
 

CONTEÚDO ADICIONAL ONLINE

Emergências Paliativas

 

Informações úteis para uma consulta rápida no manejo das emergências paliativas mais comuns

Diretivas Antecipadas de Vontade

 

Um link com instruções para a criação de DVAs: garanta os desejos de fim de vida dos pacientes

Extubação Paliativa

 

Um guia para compreender a Extubação Paliativa, discutir tabus e medos, e prevenir a distanásia

Sedação Paliativa

 

Instruções sobre como realizar e quando começar a Sedação Paliativa para garantir o conforto dos pacientes.

QUER TER O GUIA DE BOLSO SEMPRE CONTIGO OFF-LINE?

Clique aqui para baixar a versão PDF gratuita do "Cuidados Paliativos: Guia de Bolso"

O QUE É O GUIA DE CUIDADOS PALIATIVO

O Guia de Bolso de Cuidados Paliativos foi desenvolvido como ferramenta educacional para profissionais da saúde, sendo referência para o manejo de pacientes adultos com condições de limitação à vida que se enquadram em pelo menos uma das seguintes condições:

  • Com falha no controle de sintomas

  • Próximos do fim da vida

  • Que irão receber notícias ruins

Cuidados Paliativos são a abordagem do paciente e sua família com doença ameaçadora a vida. O manejo de dor e outros sintomas, e provisão de suporte psicológico, social e espiritual são supremos, almejando alcançar a melhor qualidade de vida para pacientes e seus familiares. Muitos aspectos dos cuidados paliativos são também aplicáveis mais precocemente no curso das doenças, em conjuntura com demais tratamentos (WHO, 2002).

As vantagens dos Cuidados Paliativos têm sido demonstradas na qualidade do serviço e do cuidado. Outra vantagem comprovada é o menor custo quando comparado ao tratamento convencional. Temel et al., 2010 demonstraram que os Cuidados Paliativos, quando oferecidos precocemente e corretamente aos pacientes, melhoram a qualidade de vida, o humor e a sobrevida

dos pacientes. Além disso, Smith et al., 2014 demonstraram significativa redução de custos quando empregados os Cuidados Paliativos.

Cuidados de fim de vida são normalmente definidos como o cuidado fornecido no último ano de vida do paciente (DoH, 2008). Entretanto, dado à fatores como a dificuldade para determinar alguns prognósticos e como as várias necessidades dos pacientes (físicas e psicológicas), os cuidados de fim de vida podem significar mais tempo para uns ou menos para outros. Considerar previamente que o paciente está se encaminhando para o fim de sua vida possibilita a eles e aos familiares pensarem sobre o que é importante para eles – o que eles iriam ou não gostar que acontecesse. Sempre se pergunte: “Eu ficaria surpreso se o paciente morrer nos próximos 6 meses? ”. Se a resposta for não, então considere se é apropriado iniciar as discussões sobre o fim de vida, se os planos de conduta devem ser alterados, se outros profissionais devem ser atualizados ou se termos para proteger o paciente contra tratamentos fúteis devem ser preenchidos.

 

Equipe do Guia de Bolso

Gabriela Nóbrega Mendonça

  • Grey LinkedIn Icon

Gabriel Drumond Ferreira

  • Grey LinkedIn Icon

Coautores

Clique para conferir a lista completa de coautores do Guia de Bolso

 

FALE CONOSCO